quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Orgulhosa.

Não sei mais a quem devo dar ouvidos, estou perdida dentro de mim, entre duas escolhas, as quais me divido entre dúvidas e algo estável, entre correr riscos e viver entre explosões de angustias, a qual me dá sensação de estar segura ou parecer. Uma segurança que as vezes não gostaria de ter. O orgulho é algo que todos nós temos, e que na maioria das vezes preferimos, o qual nos impedi de fazer o que planejamos no íntimo. Pensando bem, por enquanto deixarei meus planos guardados a sete chaves para que algum dia se esse sentimento me der uma folga ou se a coragem der as caras, eu talvez pense em por-los em prática.

Nenhum comentário: