quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Quase amigas.

Esta na hora de reunir minhas forças, de abandonar meu passado totalmente, principalmente o meu eu, que tanto me ajudou enquanto me levava a forca. Sempre protegi as pessoas que eu amava ou pensava que as amava, e as transformei em monstros. Algo incontrolável dentro de mim que necessitava dar chances, amar, perdoar e que tornou a situação tão caótica hoje, acho que minha ingenuidade diga-se de passagem, junta com pessoas aproveitadoras tornou isso tão complicado, não sei em quem acreditar, apesar de todas as provas o meu eu senti pena, e o ódio que sentira se desfaz. Você não me engana, estou esgotada, não sentirei mais pena enquanto você atua com perfeição pois se eu estou certa ou não eu tenho que faze-lo.

Você será apenas uma lembrança, querida amiga.

Nenhum comentário: