terça-feira, 12 de julho de 2011

O que me inspira.




















Sentir a euforia dos sentimentos se misturarem até que já não saiba quem é quem, me perdendo sobre quem eu sou. Sentir uma angústia aumentar a cada respiração pela nostalgia das lembranças daqueles acontecimentos que ficaram para trás. Sorrir por algo simples, dá valor a coisas menos complexas.

Eu me inspiro a cada história contada em linhas que alimentam minha imaginação, eu anseio a noite para poder encontrar calma entre a loucura dos meus sonhos sem sentido. Eu sou apaixonada pela vida, não pelos meus sentidos. Experimento cada um com cautela e paciência. Digo, sou apaixonada pela magia, pelas energias que só podem ser sentidas, eu acredito no algo mais. Acredito que em cada pequena coisa há sempre um mistério, algo maior no qual nossos olhos não enxergam.

Me inspiro em Deus, a energia da vida, o início de tudo que eu mais amo.

Nenhum comentário: