sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Caminhando só.


Faz muito tempo que as coisas não são as mesmas. A gente cresce e descobre que tudo não é tão simples quanto parecia. As nossas preocupações já não são as mesmas, os nossos olhares se mirão para algo mais, há pessoas que se perderão no meio do caminho, há aquelas poucas que voltarão para segurar-las na mão e acompanha-las, há aquelas que chegarão onde querem, outras que irão perder tudo, outras que vão ganhar tudo que almejavam ou achavam que sim, e ao mesmo tempo se perderão.

 Antes eu conseguia me sentir tão mais segura, hoje vejo que existe uma competição cada vez mais clara entre as pessoas, não há mais confiança, muito pouco restou das suas doces infâncias, do tempo em que o que mais importava era estar com os amigos, sonhando e paralelo ao mundo real. Eu era tão mais feliz.

Nenhum comentário: