sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Revivendo post: Descoloração e Cabelo Colorido Parte 1.


Bom, como vou passar pelo processo de descoloração pela 84957387346 vez, eu decidi reviver o meu post sobre descoloração que fiz no começo do ano passado. Momento fênix aqui no blog, rs. Além de acrescentar algo mais ao post como a preparação antes de fazer a descoloração, e os cuidados que eu terei que tomar após. Mas antes vou falar também de cabelo colorido.

Cabelo Colorido e um pouco da minha história cabelística.

Ta uma super moda de cabelos coloridos agora, principalmente depois do Ombre hair de tons pastéis, rosa, azuis, verdes. A primeira vez que eu pintei o cabelo com tinta colorida mesmo foi aos 14 anos, em abril vai fazer 3 anos. Como muitos devem saber ou não. Eu sempre amei cabelos vermelhos, desde a 4° série eu empentelhava a minha pobre mãe pra pintar. Muitos devem pensar é por causa da novela rebelde, mas não. A minha inspiração sempre foi Lindsay Lohan, pois é aquela louca e drogada. ( Eu amo ela gente U_U rs ) Então, dai que meu desejo pelos cabelos vermelhos me fizeram pintar e ter inúmeras tentativas de vermelho, que obviamente com essas tintas de farmácia não deram certo.

Totalmente frustada, com o cabelo manchado, piercing e muita idiotice. Eu queria fazer algo legal, algo que fosse diferente. Enquanto as pessoas faziam luzes no cabelo, eu fazia Striped Hair. Eu ainda me lembro a cara das pessoas, da cabeleireira, e principalmente das ditas Religiosas. rs (Minha mãe já tava se acostumando, nem pegou no meu pé). Bom, aqui em Pernambuco não é muito fácil encontrar alguém com cabelo diferente. Pode ser mais fácil agora, mais a 3 anos atrás...

Então pesquisando encontrei a salvação dos meus sonhos. Música emocionante agora.*-*
Encontrei uma tinta fantasia, mas o que é isso? Tinta fantasia são tintas de cores que não são comuns, amarelo, verde, azul, vermelho (do tipo vermelho mesmo) roxo e por aí vai uma lista enorme de cores maravilhosas. Encontrei uma marca brasileira e super em conta, que na época custava em torno de 18 reais. A exotic. Comprei um vermelho mais fechado, puxando pro rosa, chamado de vermelho cereja. E me apaixonei por ele, resumo da história fiquei com ele por 1 ano, depois voltei ao normal, depois fui pra ele de novo e pintei mechas de azul róxfluor, e depois estou normal de novo D: rs.

Só que agora voltando ao mundo mais colorido da minha vida, eu encontrei outra tinta brasileira que muita gente começou a falar muito bem, e então decidi testar. A Candy Color, comprei a cor Deep Wine, um vermelho que dizem ser muito parecido com o vermelho Cereja da Exotic. Bom, eu decidi testar, acho que hoje mesmo vou pintar e depois tiro uma foto pra vocês e comparo os dois vermelhos além dos prós e contras.

Ta curiosa? No próximo posta eu vou falar sobre a descoloração, respondendo as principais dúvidas e depois venho falando um pouco mais sobre cabelos coloridos, e a minha saga dos cabelos vermelhos.
E não esqueci de falar sobre os produtos, apenas estão em fase de teste nos meus cabelos que chique.  Depois eu venho e conto pra vocês.

3 comentários:

Aymee Angel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

E ai como ficou seu cabelo? gostou da tinta? ela é boa mesmo como a exotic? pq tipo assim, eu pinto com exotic vermelho, já usei todos do cereja ou hot, mas a duração dela é muito pouca, tipo 15 dias no meu cabelo e todavia q vou retocar tenho q descolorir oq estava detonando o meu cabelo, queria saber oq achas desse de experimentou... bjs Jolie.

Anônimo disse...

Exotic? Sério mesmo? Essa marca é horrível! Ou a tinta sai na primeira lavagem, ou fica pra sempre de um jeito que nem dekap color tira! Que horror, não se assuma como colorida se usa exotic! '-'